Portfólio_2022_2_14.jpg
img20220812_12253640
img20220812_12253640

press to zoom
img20220812_12393748
img20220812_12393748

press to zoom
img20220812_12262024
img20220812_12262024

press to zoom
img20220812_12253640
img20220812_12253640

press to zoom
1/19

causas

Desenho e cerâmica, dimensões variáveis, 2022

Com aparência de pequenos meteoritos, “Causas” surgiu de sensações de esgotamento, de processos ansiosos, “tenho uma pedra na garganta”, desenhei. O  vestígio mais familiar de uma pedra em dissolução é a luz, conhecido como estrela cadente, esses flashes que vemos no céu são resultado da queima e desintegração de um meteoro. Quando conseguem passar pela atmosfera e atingir a superfície da Terra, esses corpos celestes são chamados de meteoritos. Listei diversas causas que contribuem para a criação e manutenção de pedras-meteoritos, causas de transtornos de ansiedade, um problema de saúde pública gravíssimo no Brasil. Mas “causas” é uma palavra sem fundo, e cabe nela muitos significados, como causas políticas, que atravessam e resistem. Algumas dessas causas podem até parecer pequenas na sua forma final, mas não podemos imaginar o tamanho do desgaste que elas sofrem e quantos flashes lançam para que possamos sonhar nossos sonhos. É por isso que “Causas” tem dois movimentos internos: por um lado, causas são somáticas, por outro, precisam desprender matéria para sobreviver e tocar o chão – luta por uma causa, causa de uma luta.